O que é e como tratar Peyronie?

O que é e como tratar Peyronie?

Entender o que é e como tratar Peyronie é importante para homens que desejam manter a saúde íntima em dia. Esse é um distúrbio caracterizado pelo surgimento de anormalidades no pênis, que provocam diversos tipos de consequências, desde dores até dificuldade erétil.

Essa doença é mais comum em homens acima dos 40 anos e pode prejudicar muito a vida sexual do indivíduo. Segundo estudos, esse problema pode acometer de 0,5% a 20,3% na população.

No Brasil, estima-se 10% da população masculina sofra do distúrbio. O que dificulta e muito o tratamento desse tipo de distúrbio é a existem de um tabu e preconceitos em relação aos cuidados preventivos do homem.

Confira nesse texto como tratar Peyronie, já que boa parte dos homens não visita o médico periodicamente, o que dificulta e identificação de um diagnóstico precoce.

Quais são os principais sintomas e causas da Peyronie?

Antes de falarmos sobre como tratar Peyronie, é importante apresentar os sintomas e causas dessa doença. De modo geral, o paciente que sofre desse distúrbio tende a apresentar os seguintes sinais:

  • Deformidades no pênis;
  • Dores ao ter ereção;
  • Tortuosidade do órgão;
  • Diminuição do pênis;
  • Dificuldades de ter ereções ou de penetrar.

Alguns fatores podem aumentar as chances de desenvolvimento desse distúrbio. E entre os mais comuns estão:

  • Doenca de Dupuytren
  • Doenças metabólicas;
  • Microtraumas e fraturas no pênis em posição ereta;
  • Doenças autoimunes;
  • Doenças fibromatosas.

Quem sofre dessa doença pode ter impactos relevantes na vida sexual. Isso porque, é comum que o homem não consiga manter uma ereção por muito tempo, ou que tenha dificuldades durante a penetração. E consequentemente isso também afeta a autoestima do paciente, levando-o ao isolamento social

E como tratar Peyronie?

Existem diferentes formas de como tratar Peyronie. No caso da fase aguda inflamatória, que geralmente de dura de 12 a 18 meses, o médico pode prescrever medicamentos para aliviar as dores, e combater a inflamação.

Já na fase crônica, o tratamento mais comum é a realização de cirurgia.  Atualmente, existem vários tipos de técnicas que podem ser empregadas para a correção da curvatura.

Por conta disso, é muito importante ir a um especialista. Ele poderá indicar a melhor opção, visando evitar problemas como encurtamento do pênis e até mesmo piora da função erétil.

Implante de prótese peniana

Em alguns casos o cirurgião pode tratar Peyronie recomendando o implante de uma prótese peniana. Quando esse tipo de técnica é utilizado, é possível corrigir a curvatura na maior parte dos casos.

Mas, a qualidade dos resultados vai depender de vários fatores, desde a gravidade do caso do paciente, até a experiência do especialista nesse tipo de procedimento cirúrgico.

Importante ressaltar que esses tratamentos são para Peyronie. Existem outros distúrbios que também podem provocar anomalias no pênis, como é o caso da tortuosidade peniana congênita.

Se desejar veja mais detalhes específicos nos posts relacionados abaixo:

Leia Mais

Ondas de Choque para Disfunção Masculina e Curvatura de Peyronie. Recuperação Sem Injeções, Sem Cirurgia.

Doença de Peyronie. O que é e Porque Aparece.

DOENÇA DE PEYRONIE E A DISFUNÇÃO ERÉTIL ESTÃO ASSOCIADAS?

Tratamento Clínico da Doença de Peyronie

8 Causas Reversíveis de Impotência Sexual

Tem dificuldade de ereção? Pode ser um alerta de doença cardíaca

Veja Mais Artigos >>