Como prevenir o câncer de próstata?

Como prevenir o câncer de próstata?

Saber como prevenir o câncer de próstata é importante para o público masculino. Essa é uma doença que se não for diagnosticada precocemente, pode acabar gerando sérias consequências. E o grande problema é que existe um tabu em torno do assunto.

Segundo uma pesquisa feita pela SBU (Sociedade Brasileira de Urologia), cerca de 51% dos homens nunca foi a um urologista. E é justamente essa falta de acompanhamento que torna esse tipo de câncer um dos mais comuns no Brasil.

Dicas de como prevenir o câncer de próstata

Estudos apontam que essa doença atinge um em cada 16 homens. Contudo, a identificação no momento adequado,nem muito cedo e nem muito tarde,  ajuda a aumentar as chances de cura e de não causas sequelas desnecessárias.

Assim, é pouco provável que seja possível fazermos PREVENÇÃO de forma consistente do câncer de próstata com recomendações isoladas, mas podemos receber um diagnóstico adequado.

É por meio dele que será possível identificar o distúrbio ainda em estágio inicial, e até mesmo outras doenças que podem acometer os homens.

Além disso, mais uma das dicas é que homens com mais de 50 anos realizem anualmente os exames de toque retal e o de dosagem do PSA no sangue, mas homens com histórico familiar devem começar a passar em um urologista bem mais cedo, por volta dos 40 anos.

No caso do exame de toque prostático, o urologista irá analisar o tamanho da região, e se há algum tipo de anormalidade, como nódulos e endurecimento (assim como é feito o exame para detectar de câncer de mama). O processo é rápido e não leva mais que 5 segundos.

Por sua vez, o exame de sague PSA visa analisar a quantidade dessa proteína que é produzida pela próstata, que deve ser analizada em conjunto com o Toque. Isolados os exames falham muito, mas juntos eles são importantes para o diagnóstico oportuno do Ca de Próstata.

A importância das atividades físicas

Não há como prevenir o câncer de próstata em relação a alguns fatores de risco, como, por exemplo, histórico da doença na família. Contudo, já em relação a outros você pode sim ter atitudes preventivas.

Um dos fatores de risco para esse distúrbio é a obesidade. Por conta disso, é importante que você pratique atividades físicas periodicamente para garantir a manutenção do peso, diminuindo assim as chances dessa doença, mas também de várias outras como distúrbios cardiovasculares, diabetes, hipertensão entre outras.

Além disso, é muito importante focar em uma alimentação saudável, rica em produtos naturais e de preferência orgânicos. Isso porque, vários estudos já apontaram que substâncias como os conservantes presentes em alimentos processados, e também nos transgênicos e/ou que receberam agrotóxicos, aumentam as chances de desenvolvimento de células cancerígenas.

Logo, o ideal é focar em uma alimentação rica em frutas, verduras, vegetais, legumes e outros elementos que sejam naturais e de preferência orgânicos. Também deve-se evitar ao máximo o consumo de itens refinados e processados demais, como o açúcar branco, a farinha, refrigerantes, uma vez que eles também podem gerar outros efeitos negativos no corpo.

Leia Mais

Tem dificuldade de ereção? Pode ser um alerta de doença cardíaca

Câncer de próstata: Fumar após o Tratamento pode Matar mais do que o Tumor!

Câncer de Próstata. Vídeo com Tratamento Robótico.

O que você não sabia, mas precisa saber sobre o Câncer de próstata.

Guia Completo sobre o Câncer de Próstata Recém Diagnosticado

Incontinência após Cirurgia para Câncer de Próstata. Qual é a Verdade?

Esfíncter AMS 800 para Incontinência. Tudo Sobre o Tratamento.

 

Veja Mais Artigos >>