Doença de Peyronie

Técnica de Sliding

A Técnica de Sliding é um método de reconstrução que repara deformidades no pênis. Considerada uma evolução da Técnica Egydio, ela foi desenvolvida com o objetivo de atender casos mais graves da Doença de Peyronie.

Entenda seu caso

Gostaria de saber mais? Clique no botão ao lado e entre em contato com a gente, para tirarmos todas as dúvidas que você tiver.

Sobre a Técnica de Sliding

Criada em 2012, a Técnica de Sliding é indicada para o tratamento de casos mais graves, como é o caso da Doença de Peyronie.

Nesse caso, é realizado um procedimento onde são feitas incisões elípticas ou em Y visando a reparação do quadro. Além disso, nesse método também são utilizados dois enxertos cirúrgicos.

Com essa técnica é possível preservar as características geométricas originais do pênis. Esse método pode recuperar entre 1 cm e 5 cm do tamanho original do membro, mas é considerada muito agressiva por necessitar de uma incisão circular completa dos corpos cavernosos.

Outro detalhe importante sobre esse procedimento é a necessidade da instalação de hastes de silicone ou próteses. Elas são necessárias para que seja possível manter a firmeza do pênis.

Vários tipos de hastes ou próteses poderão ser usadas na Técnica de sliding. Isso dependerá do caso do paciente, bem como das indicações do cirurgião para os melhores resultados.

Técnica de Egydio modificada
A Técnica de Egydio Modificada é um dos tratamentos mais aplicados para a Doença de Peyronie.
Saiba mais
Técnica de Egydio
A Técnica de Egydio é um procedimento cirúrgico indicado para o tratamento da Doença Peyronie. Ela pode ser aplicada para recuperar o tamanho do membro, para a retificação e recuperação daa deformidades do pênis.
Saiba mais
Cirurgia Peniana e Complicações
Complicações de Cirurgias Penianas não são infrequentes, conheça algumas delas e não fique perdido antes de se decidir por um tratamento.
Saiba mais
Recuperação do tamanho peniano
A recuperação do tamanho peniano é um procedimento indicado em casos onde determinados problemas de saúde tendem a causar esse encurtamento. A doença de Peyronie é um deles.
Saiba mais
Previous slide
Next slide
FAQ

Perguntas Frequentes

A técnica de “sliding” (deslizamento) é um procedimento cirúrgico utilizado no tratamento da doença de Peyronie, que é caracterizada pelo desenvolvimento de tecido cicatricial fibroso no pênis, resultando em curvatura e, frequentemente, dor durante a ereção. O objetivo do procedimento é endireitar o pênis ao remover a placa fibrosa e reposicionar o tecido peniano para restaurar a forma e função normais. Durante a cirurgia, o cirurgião faz incisões na área afetada e desliza o tecido saudável para preencher o espaço, o que ajuda a corrigir a curvatura. Este procedimento pode ser combinado com enxertos de tecido para melhorar os resultados.

A técnica de “sliding” oferece vários benefícios no tratamento da doença de Peyronie, incluindo a potencial correção significativa da curvatura peniana, melhora na função sexual e redução da dor. No entanto, como qualquer procedimento cirúrgico, há riscos envolvidos. Os riscos potenciais incluem infecção, sangramento, perda de sensibilidade no pênis, disfunção erétil e formação de nova cicatriz. É essencial que os pacientes discutam esses benefícios e riscos com seu cirurgião para tomar uma decisão informada sobre o tratamento.

Um bom candidato para a técnica de “sliding” geralmente é um paciente com doença de Peyronie que apresenta curvatura peniana severa, dor significativa ou disfunção erétil associada à condição. Pacientes que não responderam bem a tratamentos não cirúrgicos ou que têm deformidades complexas também podem se beneficiar desta cirurgia. É importante que os candidatos tenham uma saúde geral boa para reduzir os riscos cirúrgicos e estejam dispostos a seguir as recomendações pós-operatórias para uma recuperação adequada. A avaliação de um especialista em urologia é crucial para determinar se a técnica de “sliding” é a melhor opção de tratamento para um caso específico.